Semana da Dança: Porto Iracema realiza programa de atividades alusivas ao Dia Internacional da Dança

Ações, que incluem aulas abertas, palestras e oficinas, acontecerão nos dias 24, 26 e 27 de abril

Nos próximos dias 23 a 29, várias instituições e grupos artísticos e culturais realizam por toda a capital cearense a Semana da Dança Fortaleza, em comemoração ao Dia Internacional da Dança, comemorado no dia 29. Integrando a programação do evento, o Porto Iracema das Artes recebe duas palestras e uma oficina do “V Colóquio Internacional em Artes do Movimento: costuras epistemológicas do/com o corpo em movimento: partilhar, pensar e reinventar saberes/fazeres corporais”, nos dias 24, 26 e 27. Todas as atividades são gratuitas.

A Semana da Dança Fortaleza é uma parceria do Porto, por meio do Programa de Formação em Dança, junto à Vila das Artes, o Fórum da Dança do Ceará, estudantes e professores das graduações em Dança da Universidade Federal do Ceará (UFC), bem como da Associação de Bailarinos, Professores e Coreógrafos de Dança do Ceará (Prodança), Teatro das Marias, Karthaz Studio e Mídia Dança. Durante todos os dias da próxima semana, essas instituições e grupos artístico-culturais celebram a dança e aproveitam, também, para reivindicar melhores condições para o desenvolvimento dessa linguagem no Estado.

Durante os dias do Colóquio, organizado em parceria com o grupo de pesquisa Artes do Gesto, do Curso de Dança da UFC, o Porto Iracema das Artes receberá as palestras “A dança contemporânea em Portugal”, às 8h30min, e “Corpo-arquivo”, às 19h. Ambas acontecem no dia 24. Os dois momentos serão conduzidos pelo professor lisbonense Daniel Tercio e acontecerão no auditório do Porto, com acesso gratuito e livre a todos os interessados.

E nos dias 26 e 27, das 9h às 12h30, a francesa Christine Roquet ministra a oficina “Análise do Movimento”, seguida de roda de conversa. Essa atividade será na sala de teatro Sidney Souto, do Porto, e é destinada a artistas, pesquisadores e alunos das artes do corpo. Serão apenas 20 vagas, com inscrições por ordem de chegada, 15 minutos antes do início.

Também no dia 27, a partir das 8h30min, integrando a programação da Semana da Dança, os alunos do Curso Técnico em Dança (CTD) do Porto participam de uma aula-encontro na Vila das Artes, junto com alunos do Curso de Iniciação em Dança Contemporânea da Prodança. Essa aula será ministrada pelo professor Rubens Lopes e terá como tema “Danças Africanas Ancestrais”. A atividade será aberta a todos os interessados.

SOBRE AS ATIVIDADES

  • Palestra “A dança contemporânea em Portugal”, com Daniel Tercio

Nesta palestra serão consideradas a situação da dança nos anos 1980, do séc. XX, o ambiente político de uma democracia recente, que se desenvolveu enquanto sociedade aberta à Europa, a emergência da chamada “Nova Dança Portuguesa”, nos anos 90, e as circulações internacionais de alguns dos criadores mais representativos da dança independente. A partir de trechos de registos fílmicos de obras de coreógrafos portugueses, Daniel Tercio pretende revelar a pluralidade experimentalista desde finais do século XX até aos dias de hoje.

  • Palestra “Corpo-arquivo”, com Daniel Tercio

Esta palestra vai girar em torno de duas questões principais: “sendo a performance efémera, como pode esta ser registada no arquivo, que é por natureza estável e duradouro?” E “sendo o corpo um campo de forças, mutável e mutante, como pode comportar em si mesmo o arquivo?”.

Daniel usará conceitos e teses de autores como Schneider, Auslander, Imshoot, Dorney e Lepecki. Além destes, o palestrante também apresentará a base de dados online Terpsicore, do repositório de dança em Portugal.

  • Oficina “Análise do Movimento”, com Christine Roquet

Nesta atividade, Christine apresentará os princípios fundamentais da performance, conhecimento e aplicação do parâmetro espaço na dança. Serão desenvolvidos conteúdos como planos, direções e níveis, relativos às partes do corpo e ao corpo como um todo no espaço, suas aplicações em diferentes bases e relações entre espaço interno, kinesfera e espaço global.

  • Aula-encontro sobre “Danças Africanas Ancestrais”, com Rubéns Lopes

A dança africana acentua a unidade entre seus membros, por isso é quase sempre uma atividade grupal. Todos os acontecimentos da vida africana são comemorados com dança. As danças africanas variam muito de região para região, mas a maioria delas têm certas características em comum. Muitas destas características deram origem às danças brasileiras e afro-brasileiras. Os participantes geralmente dançam em filas ou em círculos. As danças chegam a apresentar algumas vezes até seis ritmos ao mesmo tempo e seus dançarinos podem usar máscaras ou enfeitar o corpo com tinta para tornar seus movimentos mais expressivos. nesta aula serão apresentadas especificamente as danças da costa oeste da África.

SERVIÇO

O que: Palestras “A dança contemporânea em Portugal” e “Corpo-arquivo”, com Daniel Tercio (Portugal)
Quando: Terça-feira, 24 de abril, 8h30 e 19h, respectivamente
Onde: Auditório do Porto Iracema das Artes (R. Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema)
ACESSO LIVRE E GRATUITO

O que: Oficina “Análise do Movimento”, com Christine Roquet (França)
Quando: Dias 26 e 27, das 9h às 12h30
Onde: Sala de teatro do Porto Iracema
Inscrições por ordem de chegada, 15 minutos antes do início
*20 vagas destinadas a artistas, pesquisadores e alunos das artes do corpo
GRATUITO

O que: Aula-encontro sobre “Danças Africanas Ancestrais”, com Rubéns Lopes
Quando: Sexta-feira, 27, a partir das 8h30
Onde: Escola Vila das Artes (R. 24 de Maio, 1221 – Centro)
ACESSO LIVRE E GRATUITO

Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Myke Guilherme
Publicado em: 18/04/2018