Porto Iracema retorna com ”Anatomia do Espetáculo” debatendo espetáculo ”Pagode Russo’,’ do coletivo Os Pícaros Incorrigíveis

O encontro vai ao ar no dia 12 de agosto, às 16h, no Youtube da escola. Participam os integrantes do coletivo e o tutor chileno Héctor Briones

O coletivo Os Pícaros Incorrigíveis retorna às telas da Porto Iracema das Artes para participar do ”Anatomia do Espetáculo”, dentro da programação especial do aniversário de 8 anos da instituição. O grupo havia se apresentado na 8º edição da Mostra de Artes da escola com o espetáculo ”Pagode Russo”. Desta vez, junto com o tutor do projeto – o chileno Héctor Briones -, os artistas debatem o processo de criação da montagem, que ainda está em construção. ”Esse projeto, o ‘Anatomia’, não surge agora na pandemia, mas é um projeto antigo da Escola que começou com o cinema. Durante a pandemia, foi abraçado pelas outras linguagens, como uma forma de propor análises e discussões aprofundadas a respeito de obras, geralmente em diálogo com seus próprios criadores”, explica Levy Mota, coordenador do Laboratório de Teatro. O encontro acontece no dia 12 de agosto, uma quinta-feira, às 16h, no Youtube.

No espetáculo, o coletivo realiza uma releitura da obra do autor russo Anton Tchekhov, sobretudo de sua obra teatral inaugural, A Gaivota, de 1896. No ”Anatomia”, o grupo irá abordar os atravessamentos entre ficção, cena contemporânea e picardia, que estão constituindo este processo de criação. Uma inquietação que faz parte da construção deste trabalho é o fato do coletivo ser reconhecido na cidade pela sua poética de rua, de intervenção em espaços públicos, e que agora se vê no desafio de se enfrentar a um trabalho nas redes virtuais.

Os Pícaros estão desenvolvendo um trabalho bem interessante dentro da proposta de um teatro on-line, feito ao vivo através do Zoom, com público e elenco na mesma sala. Como o espetáculo é bastante novo para o grupo – que trabalha essencialmente com a rua e agora na pandemia teve que descobrir outras formas – surgiu o interesse, durante o percurso no Lab e as aberturas de processo, de conversar mais profundamente sobre as questões, os conceitos, as escolhas da criação”, complementa Levy.

Assim, diversos temas serão abordados no encontro, como a trajetória dos Pícaros Incorrigíveis, as relações dramatúrgicas, os cruzamentos da ficção e da cultura, aspectos sonoros e musicais, entre outros. Para Levy Mota, o público vai poder tanto navegar pelos princípios de trabalho dos Pícaros e como eles permanecem ainda neste novo formato, como perceber a relação com o tutor, que acabou tornando-se diretor da obra, e ainda entender melhor os meandros da criação teatral no ambiente virtual.

“A Gaivota” e o teatro do século XXI

O texto escolhido para a apresentação, “A Gaivota” de Anton Tchekhov, tem tudo a ver com o momento do grupo. “É um texto de séculos atrás. Fala sobre o artista, a arte, sobre as dificuldades de se trabalhar com arte, da paixão do artista pelo seu ofício”, comenta Paula Yemanjá, integrante do coletivo. Sob tutoria de Hector, o grupo conseguiu desmembrar o texto dramatúgico, que tem quatro atos, em um “experimento audiovisual”. Na MOPI, em julho deste ano, o coletivo apresentou o 1° e o 3° atos.

Ficha Técnica

Artistas-pesquisadores: Alysson Lemos, Beatriz Benítez, Beto Menêis, Caleb, Daniel Rocha, Junior Barreira, Hector Briones, Magno Carvalho e Paula Yemanjá e Ruth Aragão.

> Pagode Russo – Ato I

“A Gaivota” de Anton Tchekhov
Dramaturgismo: Hector Briones
Direção: Hector Briones
Elenco: Alysson Lemos, Beto Menêis, Caleb, Daniel Rocha, Junior Barreira, Magno Carvalho e Paula Yemanjá
Direção musical: Caleb
Músicas: Beto Menêis e Coletivo Os Pícaros Incorrigíveis
Arranjos: Caleb
Orientação de figurino: Ruth Aragão.
Direção e montagem audiovisual: Magno Carvalho
Captura de imagens: Alysson Lemos, Daniel Rocha, Felipe Martins e Paula Yemanjá
Animações: Magno Carvalho
Fotografias: Frames de vídeo
Produção: Paula Yemanjá e Junior Barreira

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é uma instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há oito anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO

O quê: Porto Iracema retorna com ”Anatomia do Espetáculo” debatendo projeto ”Pagode Russo” do coletivo Os Pícaros Incorrigíveis
Quando: 12 de agosto, quinta-feira, às 16h
Onde: Canal do Youtube do Porto Iracema.
Programação online e gratuita

Equipe de Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Texto: Gabriela Feitosa | Supervisão: Raphaelle Batista | Publicado em 10/08/2021