Estudantes do Percurso Básico de Audiovisual apresentam produções nas Rotas de Criação

Frame de trabalho final do Percurso Básico de Audiovisual 2021. Pela primeira vez, o percurso foi completamente virtual.

O encontro será nesta sexta-feira, às 10h. Em formato híbrido, com parte da turma na Escola, evento será transmitido ao vivo pelo Youtube do Porto Iracema

Nesta sexta-feira, 10, se encerra mais um percurso de formação básica em Audiovisual da Porto Iracema das Artes — instituição da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM). No encontro, os estudantes vão apresentar suas produções nas Rotas de Criação, que acontecerão no auditório da Escola, a partir das 10h, com transmissão ao vivo no canal da Escola no Youtube.

É a primeira vez que o percurso é realizado de forma completamente online. O formato possibilitou a participação de alunes de diferentes regiões do Ceará. Nesta edição, cada estudante pôde experimentar a linguagem audiovisual, explorar métodos, formatos e suportes variados, com atenção à singularidade de suas realidades e os recursos disponíveis em seus cotidianos.

A formação é dividida em três eixos: o de Visualidades, Sonoridades e o de Montagens. Os processos formativos exploraram experiências, dispositivos, jogos e processos de criação articulados ao território, ao corpo, ao imaginário e à fabulação.

Para o coordenador do Percurso Básico em Audiovisual, Isaac Pipano, a experiência foi desafiadora. “Construímos uma proposta político-pedagógica que procurou contemplar igualmente todas as pessoas participantes, mesmo aquelas que não têm recursos ou equipamentos próprios”, destaca. Para ele, mais do que simplesmente adaptar atividades presenciais ao formato remoto, o percurso construiu uma metodologia de ensino e aprendizagem do audiovisual própria, baseada nos processos de criação. “Desenvolvemos uma formação sem tanto apelo técnico, na qual as práticas se realizam com celulares, principalmente, e que estimulam o desenvolvimento de projetos e obras individuais e coletivas, além de dar subsídios para a ampliação dos repertórios artísticos”.

Frame de trabalho final do Percurso Básico de Audiovisual 2021.

O aluno João Pedro Lima, de 19 anos, que mora na cidade de Orós, no centro-sul do Estado, destaca que a experiência do curso foi muito além das expectativas. “Achei que ia me introduzir no assunto audiovisual e ir aprendendo aos poucos, mas o que aconteceu no Porto Iracema foi que eu mergulhei fundo no mundo do audiovisual, aprendi muito sobre o cinema brasileiro, a experimentar, a abrir a mente quando a questão é vídeo”, conta o estudante. “Nos alunos até brincamos que de básico esse curso só tem o nome, porque realmente tem muito material e aprendizado neste curso. Foi simplesmente incrível”, elogia.

Nas Rotas de Criação, alunos, alunas e alunes apresentam ao público o processo criativo das pesquisas artísticas em desenvolvimento nas esferas formativas. Neste encontro, coordenador, professores e estudantes vão partilhar os experimentos artísticos elaborados durante as oficinas ministradas nos módulos do Percurso Básico de Audiovisual de 2021. Parte das produções está disponível aqui.

Frame de trabalho final do Percurso Básico de Audiovisual 2021.

Sobre a Escola

A Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, instituição da Secretaria da Cultura (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há oito anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO

O quê: Estudantes do Percurso Básico de Audiovisual apresentam produções nas Rotas de Criação
Quando: 10 de dezembro, sexta-feira, 10h
Onde: Auditório da Escola Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160, Praia de Iracema)
Transmissão ao vivo no Canal do Porto Iracema do Youtube
Gratuito

Assessoria de Comunicação Porto Iracema das Artes | Texto: Giselly Correa Barata (estagiária), com supervisão e edição de Raphaelle Batista (jornalista) | Publicado em 09/12/2021.