Cinco projetos do Lab Dança da Porto Iracema se apresentam na 7ª Bienal Internacional de Dança do Ceará/De Par em Par

 

Os espetáculos serão transmitidos em realidade virtual. “Fortaleza 2040”, “O cheiro da lycra”, “233A, 720 KHALOS”, “Tudo passa sobre a terra” e “Corpos embarcados” passaram pelo Laboratório de Criação em Dança da Escola. Bienal acontece entre 13 e 22 de agosto

Cinco projetos desenvolvidos no Laboratório Criação em Dança da Escola Porto Iracema das Artes irão se apresentar na 7ª Bienal Internacional de Dança do Ceará/De Par em Par, entre os dias 13 e 22 de agosto deste ano, no canal do evento no Youtube. Nos palcos do Theatro José de Alencar e Teatro B. de Paiva, no Porto Dragão, equipamentos da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult-CE), 22 espetáculos de artistas cearenses serão transmitidos ao vivo, em sessões às 18h e 21h.

Seguindo os protocolos de biossegurança recomendados pelas autoridades sanitárias, o acesso aos teatros será restrito aos artistas e técnicos envolvidos nas produções, todos devidamente vacinados e/ou submetidos ao teste de RT-PCR (swab). “Nessa edição da Bienal vamos ter a oportunidade de assistir ótimas produções locais. Dentre elas, algumas surgiram a partir da participação nos Laboratórios de Criação do Porto Iracema’’, contextualiza Bilica Léo, coordenadora do Programa de Dança do Porto Iracema, que inclui o Curso Técnico e o Laboratório de Dança. Para Bilica, o mais bacana é ver as criações realizadas a partir da Escola Porto Iracema das Artes ‘’ganhando os palcos, criando asas”.

O primeiro trabalho desenvolvido na Escola a se apresentar na programação da Bienal é “233A, 720 KHALOS”, da Cia Vatá – Companhia de Brincantes Valéria Pinheiro, que se apresenta no dia 17 de agosto, terça-feira, às 18h. No dia 18, quarta-feira, também às 18h, é a vez de “O cheiro da lycra”, de Alysson Amancio Cia de Dança, que integrou a última edição do Lab Dança. No mesmo dia, Rosa Primo chega à Bienal com o projeto “Tudo passa sobre a terra”, às 21h. Já no dia 19, Andreia Pires apresenta “Fortaleza 2040”, também às 21h. Por último, no dia 22 de agosto, um domingo, “Corpos embarcados”, da Companhia Barlavento, trabalho com direção coreográfica de Circe Macena, que divide a criação e interpretação com Marina Brito, também será apresentado a partir das 21h.

“O Cheiro da Lycra”, de Alysson Amancio, será apresentado no dia 18 de agosto, às 18h.

BIENAL DOS ANOS PARES

Reconhecida internacionalmente como um dos grandes eventos de dança realizados no Brasil, a Bienal Internacional de Dança do Ceará acontece desde 1997 sempre nos anos ímpares, no mês de outubro. Em 2008 deu início à Bienal De Par Em Par, um desdobramento da consolidada edição dos anos ímpares e, desde então, vinha sendo realizada sempre nos anos pares, também no mês de outubro.

A pandemia de Covid-19 inviabilizou a realização da 7ª Bienal De Par Em Par em outubro de 2020, que foi adiada para março de 2021, com programação 100% online. As apresentações ao vivo com transmissão em realidade virtual, que acontecem agora em agosto, seriam realizadas em março, juntamente com o Seminário TEPe e uma série de eventos integrados, que juntos formaram uma parte da programação chamada de Redes Confluentes, mas foram adiadas em virtude do decreto de lockdown no período.

Na imagem, a artista Andréa Pires, que apresenta o espetáculo “Fortaleza 2040” no dia 19 de agosto, às 21h.

REALIDADE VIRTUAL

Para dar ao espectador a sensação de estar no lugar da câmera, podendo com isso escolher para onde olhar, será utilizada a câmera VR, que se constitui em um conjunto de câmeras que conseguem filmar o espetáculo a partir de várias lentes alinhadas. Essa tecnologia permite compor uma espécie de esfera ótica onde se filma um espaço em 360 graus.Além da transmissão ao vivo, a tecnologia utilizada na filmagem vai gerar um arquivo de imagens que possibilitará manter a íntegra dos espetáculos filmados e a produção dos documentários das companhias, que incluem cenas de bastidores, making of e o processo de produção de cada espetáculo.

Confira mais informações no site da Bienal.

SERVIÇO

O quê: 7ª Bienal Int. de Dança / De Par Em Par (Bienal dos anos pares. Edição de 2020) – Espetáculos em realidade virtual

Quando: De 13 a 22 de agosto de 2021
Onde: canal da Bienal no Youtube, acesse AQUI.
Mais Informações: www.bienaldedanca.com.br
Toda a programação da Bienal é gratuita.

Equipe de Assessoria de Comunicação do Porto Iracema das Artes | Texto: Gabriela Feitosa (Estagiária) | Supervisão e edição: Raphaelle Batista. Publicado em 11/08/2021.