Escola de Formação e Criação do Ceará

Porto Iracema das Artes realiza exibição da peça-filme “Os Negociantes”, de Murilo Hauser

Após a sessão haverá uma roda de conversa com o diretor Murilo Hauser e equipe da obra

A Escola Porto Iracema das Artes – instituição da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM) – realiza na quarta-feira, 23 de novembro, a exibição da peça-filme “Os Negociantes”, de Murilo Hauser. O evento, gratuito e aberto ao público, ocorre às 19h no auditório da Escola. Após a sessão haverá uma roda de conversa com o diretor Murilo Hauser, o diretor assistente da obra Heitor Lorega, que também assina a adaptação do roteiro, e as atrizes da peça-filme sobre o processo de montagem.

Durante a roda de conversa serão abordados aspectos tanto da criação em teatro, quanto em audiovisual. A peça-filme “Os Negociantes”, realizada pela Pausa Companhia, tem direção de Murilo Hauser, que também é tutor do Lab Cena 15, e atuações de Claudia Missura e Renata Hardy.

Criada a partir do texto original de Joël Pommerat, esta versão de “Os Negociantes” é a primeira montagem brasileira do texto. A obra foi totalmente reimaginada para uma realidade de isolamento e desamparo. O trabalho propõe uma reflexão a respeito de identidade e humanidade em um mundo que não pode ser interrompido, mas que foi forçado a parar.

A peça-filme foi realizada com o apoio do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba e tem incentivo de Celepar e BRT. “Os Negociantes” foi gravado em maio de 2021 no Teatro Zé Maria, em Curitiba, durante a pandemia de COVID-19. Em razão disso, houve um hibridismo de linguagens na produção a fim de desafiar a percepção do espectador, convidando-o a pensar: O que resta de nós quando nossos corpos não mais respondem aos nossos impulsos, quando nossos sonhos são substituídos por pesadelos, quando nossa própria existência parece ter perdido o sentido?

SOBRE A PAUSA COMPANHIA

A Pausa Companhia foi criada em 2004 e desde então realiza espetáculos e circula pelo país com seus trabalhos. Nasceu do interesse comum de um grupo de atores interessados em pesquisar dramaturgia contemporânea. A linguagem estética se desenvolve através do diálogo que é estabelecido com cada diretor convidado. Desde seu início, a Pausa promove uma troca de experiências com alguns importantes colaboradores, entre eles Murilo Hauser, Moacir Chaves, Fernando Kinas, Marcio Mattana, Nena Inoue, Rafael Camargo, entre outros. No repertório da companhia estão os espetáculos “Gravidade Zero”, “Aperitivos”, “Menos Emergências”, “Febre um sintoma cênico”, “O Mez da Gripe”, […] “Roteiro escrito com a pena da Galhofa e a tinta do Inconformismo”, “Incrível História de Marileide e Michael Jackson”, “Ah, a humanidade!, e outras exclamações”.

SOBRE MURILO HAUSER

Escreveu “A Vida Invisível”, Grand Prix da mostra Un Certain Regard de Cannes em 2019. Em 2021, voltou ao festival com “O Marinheiro das Montanhas”, nova colaboração com o cineasta Karim Aïnouz. Seus curtas “Silêncio e Sombras” e “Meu Medo” foram premiados em Nova Iorque e Buenos Aires e eleitos, por duas vezes consecutivas, Melhor Animação Nacional no Curta Cinema, Rio de Janeiro Janeiro. Convidado pelo Bergman Center, Suécia, dirigiu o primeiro trabalho em VR para o museu, filme exibido na 42ª Mostra de Cinema de São Paulo. Para o teatro, criou “Avenida Dropsie” com a Sutil Companhia, assinou texto e direção da premiada “Não Sobre o Amor” com Felipe Hirsch e, ao lado de Hector Babenco, dirigiu “Hell” com Bárbara Paz. Em “Ópera”, participou de montagens de “O Empresário” com Marcio Abreu, “O Castelo de Barba Azul” e “Rigoletto”, co-dirigida com Hirsch para a comemoração do centenário do Teatro Municipal de São Paulo. Murilo recebeu seu diploma de Master of Fine Arts em roteiro pela University of Southern California como bolsista da Fulbright. É tutor do Laboratório Cena 15 da Escola Porto Iracema das Artes, em Fortaleza, e integrante do Núcleo de Desenvolvimento da VideoFilmes desde 2018.

SOBRE HEITOR LOREGA

Foi voluntário como operador de legendas em festivais de cinema por seis anos seguidos. Ainda na graduação de Arquitetura, trabalhou também com cenografia e design de produção para curtas-metragens, comerciais e na série “Contracapa”. Em 2018, depois de se formar, decidiu seguir suas aspirações de escrita e passou a trabalhar com Murilo Hauser no desenvolvimento de projetos para Walter Salles, Karim Aïnouz e Gabriel Mascaro. Colaborou no roteiro de “Marinheiro das Montanhas”, que estreou no Festival de Cannes em 2021. Junto a Hauser, Gregório Duvivier e Manuela Cantuária criou uma série original para a HBO, agora fase de pré produção. Também com Hauser, criou e escreveu uma série original para a Paramount+ que se encontra em sala de roteiro. Atualmente, além de desenvolver uma série original com Nina Kopko e produzida por Mary Sweeney, Heitor também está trabalhando em duas graphic novels: uma sobre a vida do arquiteto Vilanova Artiga com a ilustradora Renata Braga, outra baseada em roteiros escritos com Hauser para Thales Quadros.

SOBRE A ESCOLA

A Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, instituição da Secretaria da Cultura (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há nove anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO

O quê: Exibição da peça-filme “Os Negociantes” seguida de roda de conversa virtual com o diretor Murilo Hauser e equipe da obra

Quando: 23 de novembro, quarta-feira, às 19h

Onde: Auditório da Escola Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160, Praia de Iracema)

Gratuito e aberto ao público