Porto Iracema celebra premiação de realizadores cearenses no 47º Festival de Gramado

Foto: Edison Vara/Agência Pressphoto
Na semana em que celebra 6 anos, o Porto Iracema das Artes comemora as conquistas de seus alunos. A equipe de roteiristas do premiado “Pacarrete” integrou o Laboratório de Cinema da Escola em 2013, 2018 e participa na edição 2019


O filme cearense “Pacarrete”, do diretor Allan Deberton, levou oito Kikitos no 47º Festival de Cinema de Gramado, encerrado na noite do último sábado (24). Os prêmios foram nas categorias Melhor Direção, Melhor Atriz, Melhor Roteiro, Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Desenho de Som, Melhor Filme do Júri Popular e o principal da noite, Melhor Filme.

O longa-metragem, que tem a paraibana Marcélia Cartaxo como protagonista, conta a história de uma professora de dança aposentada que vive no interior do Ceará e sonha apresentar um espetáculo de balé para os moradores da Cidade. O roteiro do filme é assinado pelo também diretor, Allan Deberton, e André Araújo, Samuel Brasileiro e Natália Maia. Todos alunos ou ex-alunos do Laboratório de Cinema do Porto Iracema das Artes. 

Allan Deberton e André Araújo desenvolvem o roteiro “Feito Pipa” no Laboratório de Cinema 2019. Foto: Alan Sousa


Deberton e Araújo foram selecionados para a atual edição do Laboratório de Cinema, na categoria Ceará, com o projeto “Feito Pipa”. Após uma longa e concorrida seleção, que incluiu três fases e mais de 100 concorrentes, uma comissão formada pelos cineastas André Novais, João Vieira Jr. e Nina Kopko escolheram quatro projetos de roteiro do Estado, um do Nordeste e outro na categoria Nacional para serem desenvolvidos ao longo de sete meses, até dezembro de 2019, com a tutoria dos premiados diretores Karim Aïnouz, Sérgio Machado e Nina Kopko.

Natália Maia, outra roteirista de Pacarrete, passou pelo Laboratório de Cinema do Porto Iracema no ano passado, com o roteiro “Noite ao relento”, desenvolvido ao lado de Camila Chaves. No pitching de encerramento da edição 2018, o roteiro de faroeste político foi um dos principais ganhadores: recebeu o prêmio Instituto Dragão do Mar / Porto Iracema das Artes, que deu às roteiristas passagem e hospedagem para o FRAPA – Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre, ocorrido em julho de 2019; o Prêmio do Público, com entradas gratuitas para o Cinema do Dragão durante um ano e credenciais para o Festival do Rio deste ano. 

Camila Chaves e Natália Maia desenvolveram o roteiro “Noite ao Relento” no Lab Cinema 2018. Foto de Alan Sousa.


Samuel Brasileiro participou da primeira edição do Lab, em 2013, com o projeto “Os Herdeiros”. Ele desenvolveu o roteiro junto com Natália Maia e Clara Basto. Samuel também já atuou como professor do Curso Básico de Audiovisual da Escola em 2017 e 2018. 

Módulo Pesquisa e Linguagem do Curso básico de audiovisual do Porto Iracema das Artes, com Samuel Brasileiro. Foto de Alan Sousa

Curta premiado

O coordenador do Curso Básico de Audiovisual do Porto Iracema das Artes, Arthur Leite, fez a produção executiva do curta-metragem “Marie”, dirigido pelo pernambucano Leo Tabosa e também premiado em Gramado. O filme levou os prêmios da Crítica, de Melhor Ator, Prêmio Especial do Júri e Melhor Curta Canal Brasil.

Arthur Leite também é ex-aluno do Lab Cinema, edição 2013. Ele desenvolveu o roteiro de “Abissal”, escolhido como Melhor Curta Brasileiro do 21º É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários em 2016.

Confira a sinopse de “Pacarrete”   

Foto: Luiz Alves

Russas, interior do Ceará. Pacarrete (Marcélia Cartaxo) é uma professora de dança aposentada, que vive com a irmã Chiquinha (Zezita Matos) e tem Maria (Soia Lira) como empregada doméstica. Rigorosa e ranzinza, ela vive limpando a calçada e brigando com quem passa por ela. Seu grande sonho é estrelar um balé para a população local durante a grande festa da cidade, que está prestes a acontecer. Para tanto, ela manda confeccionar uma nova roupa de bailarina ao mesmo tempo em que tenta convencer a prefeitura de seu show. Entretanto, a falta de interesse da população em geral por espetáculos do tipo logo se torna um grande oponente.


Sobre o Laboratório de Cinema do Porto Iracema das Artes 

Integrado ao Centro de Narrativas Audiovisuais do Porto Iracema das Artes (CENA 15), o Laboratório de Cinema tem como proposta desenvolver roteiros para filmes de longa-metragem, do gênero de ficção ou híbrido, através de um programa de formação que abarca tutorias, assessorias, oficinas e aulas abertas com foco em aspectos da escrita cinematográfica.

Durante sete meses, são trabalhadas questões voltadas à estrutura dramática dos projetos, à criação de personagens, à formatação dos roteiros e aos processos criativos da escrita de histórias. Além de ampliar as habilidades técnicas e narrativas dos participantes e do público mais amplo engajado pelas oficinas e aulas abertas, o Laboratório visa também contribuir para a atuação profissional de roteiristas no mercado audiovisual.

Nas duas primeiras edições (2013 e 2014), o Lab selecionou 5 projetos por ano, tendo passado, a partir de 2015, a selecionar 6 projetos dentro de uma lógica pan nordestina: 4 do Ceará, com uma dupla de roteiristas por projeto, e 2 de estados do Nordeste do Brasil, com um único roteirista. Em 2019, ampliou-se o alcance do Laboratório, com quatro vagas para o Ceará, uma para o Nordeste e outra para a categoria Nacional. Até 2018, 34 roteiros foram desenvolvidos e 6 se encontram em desenvolvimento, com o apoio de uma ajuda de custo mensal para cada roteirista.

 
ANIVERSÁRIO DA ESCOLA 
Foto: Alan Sousa


No próximo dia 29 de agosto, a Escola Porto Iracema das Artes completa seis anos de atividades ininterruptasInstituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM), o Porto foi inaugurado em 29 de agosto de 2013 e desde então desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

De 2013 a 2019, no Programa de Formação Básica, a Escola realizou mais de 10 mil matrículas em 540 percursos formativos, com 21.255 horas-aula. Foram formadas quatro turmas dos Cursos Técnicos de Dança e de Computação Gráfica nesse período. Ao longo das sete edições dos Laboratórios de Criação, 413 artistas passaram pelos Labs e 128 projetos já foram desenvolvidos. Mais de 50 mil pessoas foram alcançadas diretamente pelas formações e eventos dos Cursos Básicos, Técnicos e nos Laboratórios de Criação.

Serviço
O que: Show de aniversário – Porto Iracema das Artes – 6 anos
Quando: Quinta-feira, dia 29, a partir das 19h
Onde: Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160, Praia de Iracema)
Gratuito